Amaury Nunes deleta fotos com Enrico e publica reflexão, após perder processo para Karina Bacchi

Rede de Rádios

Amaury Nunes deleta fotos com Enrico e publica reflexão, após perder processo para Karina Bacchi

 


Atleta tentou reconhecimento da paternidade, o que foi negado pela Justiça

Karina Bacchi venceu o processo contra o ex-marido, Amaury Nunes, que tentava reconhecer a paternidade de Enrico. A criança, de seis anos, foi gerada por meio de uma fertilização in vitro, meses antes da ex-atriz se envolver com o ex-jogador. Como parte da decisão da Justiça, divulgada pelo "Fofocalizando", Amaury teve que apagar todas as fotos com a criança em seu perfil no Instagram. O Extra conferiu e não encontrou mais nenhum registro familiar.

Além disso, diante da repercussão, Amaury Nunes publicou apenas uma frase do dia, que foi interpretada pelos seguidores como o primeiro pronunciamento sobre o caso.


"Queria compartilhar uma mensagem hoje, principalmente para quem está passando por um grande obstáculo hoje. Em primeiro lugar, não desista. Em segundo, seja honesto, não minta, não passe em cima do seu caráter. Faça o que é certo. É o certo mesmo dando errado. O errado será sempre errado, mesmo dando certo momentaneamente. O resto, deixe nas mãos de Deus", disse Amaury.


Fãs tentaram consolá-lo.

"Seu filho vai crescer e vai vai ver o quanto você lutou por ele. Com o tempo tudo se encaixa. Fica em paz. Deus é justo", disse uma seguidora. "O que você fez de certo ficará sempre guardado no coração dele e quando ele puder fazer suas escolhas virá até você", comentou outra internauta.


Desde o início do processo, há mais de um ano, que Amaury não via Enrico. Ele chegou a fazer vários desabafos nas redes sociais. O processo ainda cabe recurso.

O relacionamento de Karina e Amaury
Karina Bacchi e Amaury Nunes ficaram juntos por quatro anos. O casamento teria chegado ao fim, segundo o jornalista Leo Dias, pelo "fanatismo religioso" da atriz. Na época, ao Extra, a artista confirmou o fim da relação, mas preferiu não detalhar os motivos.

Enrico é fruto de uma fertilização in vitro em Karina Bacchi. Na época, a atriz estava solteira, mas conheceu Amaury meses depois, que assumiu a paternidade. Era comum vê-los juntos o tempo todo, em casa ou em viagens.

Quando a crise no casal se instaurou, o atleta foi impedido pela atriz de ver a criança. Ele usou as redes sociais para divulgar o caso.

"Hoje é o dia que comemorei e comemoro o aniversário do meu filho. Como fiz em todos esses cinco anos. Hoje, não posso estar com você (Enrico). Eu espero que se não for hoje, quem sabe daqui alguns meses, ou alguns anos, você possa ver essa mensagem e ver que tem um pai que te ama que nunca te abandonou e que nunca vai te abandonar e que deseja muito seu bem. Independentemente das diferenças que hoje o seu pai e sua mãe têm, eu não queria que isso afetasse nossa relação", disse Amaury, em maio do ano passado.

Se a declaração comoveu os seguidores de Amaury, ela não teve o mesmo impacto com Karina Bacchi. A atriz comentou na publicação ironizando o discurso do ex-marido. Ela ainda revelou que está travando uma briga na justiça com ele.

"As palavras parecem bonitas, mas tudo tem um porquê. Não é à toa que a Justiça diz o contrário. Que Deus tenha misericórdia e te dê graça para ser mais verdadeiro em sua próxima família", escreveu Karina.

Também no Instagram, a apresentadora gravou vídeos comentando indiretamente as declarações de Amaury.

"Hoje é dia do nascimento do meu filho, comemoração da vida dele, da realização de um sonho. E o som do meu coração sabe que eu jamais seria ingrata de privar de tudo aquilo que ele merece viver. Mesmo que isso me doesse no coração, como mulher. Quero que saibam que tudo tem motivos de ser. Nem tudo que se ouve nas redes sociais são palavras pregadas com zelo".

Ela ainda revelou que processos judiciais ocorreram para essa tomada de decisão.

"Não se enganem. Nem tudo parece o que é. Sou adulta suficiente, tenho temor a Deus, jamais faria algo, mentiria com falsidade e egoísmo. Principalmente com algo envolvendo a vida do meu filho. Coisas foram reveladas. Coisas ruins. Que não só me magoaram, mas que tem a ver com a vida do meu filho. Coisas que a justiça divina arcará, mas a justiça do homem decidiu. Processos judiciais ocorreram".

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem